STF libera contribuição de 30% sobre servidores da ativa e aposentados…

carmen-e-o-golpista

_Aplaudam, já que não sabem mais bater panelas!

Por enquanto a tramitação do projeto – que será aprovado em breve – refere-se aos servidores da ativa e aposentados do Rio de Janeiro, no entanto a decisão da presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, que autorizou a retomada da tramitação do projeto de lei da Assembleia Legislativo do Rio de Janeiro que trata do aumento da contribuição previdenciária para servidores estaduais e aposentados, é apenas uma prévia do que virá por aí, contra os servidores públicos federais, estaduais e municipais…

Com medidas de austeridade como essas, sendo tomadas com o apoio do STF, estará criado um precedente, que poderá atingir em pouco tempo, não apenas os servidores públicos, mas todos os trabalhadores, sejam ativos ou aposentados, em suma, com tamanha imprevisibilidade salarial e de direitos trabalhistas e previdenciários, não haverá mais servidor e nem trabalhador que possa viver com tranquilidade neste país!

Só para se ter uma ideia, o projeto proposto pelo Governo do Rio de Janeiro, prevê a cobrança “temporária” de 16% de contribuição extra de ativos e inativos e fixa desconto de 30% sobre a aposentadoria dos que recebem abaixo do teto da Previdência Social (R$ 5.189,82).

A medida do pacote de austeridade fiscal lançado pelo governo do Rio para reequilibrar as contas do estado, havia sido suspensa na semana passada pelo desembargador Custódio de Barros Tostes, do Tribunal de Justiça do Rio, com a decisão de Carmen Lúcia, fica estabelecido que o Supremo Tribunal Federal tem lado – e o lado não é o do trabalhador!!!

Post scriptum: Sabe a história de dizer que o “golpe” contra Dilma e o PT foi midiático/jurídico/parlamentar? Essa é só mais uma das medidas de consolidação da parte jurídica do golpe, que na verdade se mostra contra os direitos trabalhistas e os trabalhadores…